Conheça nossa equipe de pesquisadores

COORDENAÇÃO

Daura.png

FÁBIO DAURA JORGE

Biólogo, doutor em Ciências Biológicas pela UFPR e docente do Departamento de Ecologia e Zoologia da UFSC. Meu interesse central é integrar ecologia populacional e comportamental, utilizando mamíferos marinhos como principal, mas não único, modelo biológico. Também colaboro e supervisiono projetos que transitam na pela ecologia trófica, pesqueira e ecossistêmica. Além da pesquisa, tenho grande interesse na docência e uma visão colaborativa e cooperativa do universo acadêmico. Meu trabalho é fascinante, mas valorizo imensamente a vivência de outros ambientes. Velejar é sempre uma válvula de escape, e o tempo com família uma prioridade. Afinal, “the true biologist deals with life, with teeming boisterous life, and learns something from it, learns that the first rule of life is living (John Steinbeck)”. 

daurajorge at gmail.com

Photo%2019-03-13%2009%2015%2049%20-%20C%

PAULO CÉSAR SIMÕES LOPES

Biólogo e PhD, professor titular do Departamento de Ecologia e Zoologia, Centro de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Santa Catarina. Tenho experiência na área de Zoologia de Mamíferos Marinhos, com ênfase em Morfologia, Biomecânica do Esqueleto e Alterações Dentárias, Anatomia Comparada, Zooarqueologia, Ecologia Populacional, Comportamento e Sistemática dos Cetáceos e Pinípedes. Sou curador da Coleção Científica de Mamíferos e orientador em Pós-graduação nos programas de Ecologia (UFSC) e Zoologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Sou também colíder do Grupo de Pesquisa “Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LAMAQ)” e revisor ad-hoc de dezenas de periódicos. Publiquei mais de 130 artigos científicos em periódicos e capítulos de livros especializados, além de quatro livros de divulgação da ciência.

 pcsimoeslopes at gmail.com

TÉCNICO

3%20-%20Mauricio%20Graipel_edited.jpg

MAURÍCIO EDUARDO GRAIPEL

Sou ecólogo de campo interessado na história de vida, ecologia e evolução dos mamíferos do Quaternário. Biólogo pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993) e Doutor em Biociências pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2003). Trabalho na UFSC desde 1985 e desenvolvo pesquisas nas áreas de Zoologia e Ecologia, com ênfase em morfologia, populações, comunidades e evolução. Contribuí para a criação de UCs e elaboração de Planos de Manejo em Santa Catarina. Sou autor de livros de literatura infanto-juvenil e atualmente colaboro com os projetos "Parques & Fauna", "Fauna Floripa", "Felinos do Aguaí", "Grupo de Síntese em Ecologia e Sustentabilidade da Mata Atlântica" e PPBIO-SC.

mauricio.graipel at ufsc.br

DOUTORANDOS

16_edited.jpg

ALEXANDRE MARCEL DA SILVA MACHADO

Sou Biólogo (2015) e Mestre em Ecologia (2018) pela Universidade Federal de Santa Catarina. Desde 2019, desenvolvo meu doutoramento em Ecologia na mesma universidade. Desenvolvo parte do projeto na Konstanz Universität, supervisionado pelo Dr. Damien Farine no doutorado sanduíche (programa CAPES/DAAD-PROBRAL). Tenho interesse em ecologia comportamental, especialmente nas implicações da variação individual para a dinâmica de populações e interações ecológicas. No doutorado, quero entender como indivíduos de uma população de botos-da-tainha diferem no uso de uma tática de forrageio especializada com pescadores artesanais, e avaliar os efeitos da variação individual para a população e para a manutenção da interação boto-pescador. Saiba mais em minha página pessoal.

alexandremarcelsm at hotmail.com

8_edited.jpg

BIANCA ROMEU

Bióloga, mestre e doutoranda em Ecologia na UFSC. Iniciei meus estudos com cetáceos em 2008, como estagiária no LAMAQ e no Instituto Baleia Jubarte. Desde então, desenvolvo e participo de projetos, utilizando diversos métodos: fotoidentificação, amostragem de distância (distance sampling), biópsia e acústica. A acústica de golfinhos é meu foco principal de estudo. Desde 2010 desenvolvo pesquisa sobre os botos-da-tainha (Tursiops truncatus gephyreus) em Laguna/SC. Além disso, atuei como pesquisadora voluntária no Projeto Rorqual (Associação Edmaktub, Espanha), como assistente técnica no Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS) e como observadora de bordo e operadora de monitoramento acústico passivo no Projeto de Monitoramento de Cetáceos (PMC-BS). Também tenho experiência como professora em cursos pré-vestibulares, EJA e ensino fundamental.

romeu.bianca at gmail.com

21%20-%20Larissa%20Dalpaz_edited.jpg

LARISSA DALPAZ

Sou bióloga e mestra pelo PPG em Ecologia da UFSC, integrante da família LAMAQ desde 2016. Atualmente, doutoranda no mesmo Programa e bolsista “STOPBycatch” do VIVA Instituto Verde Azul. Meu grande interesse está na ecologia dialógica e aplicada à conservação marinha. Neste sentido, navego por áreas que incluem: análise de métodos, ecologia populacional, diversidade funcional em comunidades, serviços ecossistêmicos e interações pesqueiras. Tenho experiência em monitoramento de cetáceos e quelônios, tanto em obras e terminais marítimos quanto a bordo. Sou ativista por justiça socioambiental e por uma perspectiva de conservação marinha engajada, além de feminista e pedaleira.

laradal_91 at hotmail.com

f7604bbc-ffb4-4f8e-8fa3-3bbb46a7bb3a.jpg

MACARENA AGRELO

Sou bióloga pela Universidade de Buenos Aires, mestra e doutoranda em Ecologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Durante a minha graduação trabalhei na área da química biológica com ênfases em ecotoxicologia e contaminação aquática. Durante meu mestrado no LAMAQ trabalhei com a população de botos de Laguna avaliando o efeito dos impactos antropogênicos na sua distribuição. A minha pesquisa de doutorado tem como objetivo estimar os parâmetros populacionais das baleias francas que se reproduzem na Argentina. Assim como avaliar os efeitos das mudanças climáticas e ameaças locais na sobrevivência e recuperação da população. Meu amor pelas baleias e pelo mar traçou o  meu caminho, e atualmente sou pesquisadora responsável pela linha de pesquisa de ecologia de populações na ONG Instituto de Conservación de Ballenas.

maca.agrelo at gmail.com

1%20-%20Thayusky_edited.jpg

THAYUSKY DA PENHA CORREA​

Bióloga, e Mestre em Biodiversidade Animal pela UFSM, e, atualmente sou doutoranda em Ecologia na UFSC. Há um gênero de golfinhos chamado Stenella em que são reconhecidos cinco espécies. Sabe-se que todas ocorrem em águas brasileiras, porém são ainda pouco estudadas no Brasil. O meu projeto busca entender alguns aspectos ecológicos e comportamentais estimando quantos, descrevendo como, quando e onde esses animais preferem se agregar nas águas do Sul e Sudeste brasileiro.

thayusky at gmail.com

MESTRANDOS

10-%20Aline_Vanin_edited.jpg

ALINE SALVADOR VANIN

Sou graduada em Ciências Biológicas pela UFRGS e mestranda em ecologia na UFSC. Minha experiência na área marinha inclui monitoramento de cetáceos e estudos com aves marinhas e costeiras. Atualmente, trabalho com encalhes de albatrozes e petréis (Procellariiformes) através de dados de encalhes obtidos pelo Programa de Monitoramento de Praia (PETROBRAS). Essas aves são oceânicas e só se aproximam da terra para reprodução, sendo o período-não reprodutivo a fase menos conhecida do seu ciclo anual. Assim, meu projeto tem como objetivo caracterizar a comunidade de aves marinhas do litoral de Santa Catarina e analisar sua ecologia trófica a partir da análise de isótopos estáveis de carbono e nitrogênio em penas. Através da biologia também consigo exercer outra paixão que é a fotografia, podendo registrar um pouco da diversidade biológica e social que nos cerca.

alinesvanin at gmail.com

Denis_edited.jpg

DENIS HILLE

Sou formado no curso de Biologia Marinha, da Universidade da Região de Joinville – UNIVILLE. iniciei os trabalhos na cetologia em projetos de pesquisa voltados a ecologia e conservação de cetáceos na Baía da Babitonga desde o primeiro ano de graduação. Após formado, iniciei a carreira profissional trabalhando como “Marine Mammal Observer” (MMO) em navios de prospecção sísmica, o qual realizei por seis anos. No final de 2015, ingressei como MMO no Projeto de Monitoramento de Cetáceos da Bacia de Santos, onde desenvolvo atividades de campo voltado a coleta de dados de fotoidentificação, biópsia, telemetria e imagens de drone, o qual desenvolvo até o presente momento. 

hille90 at gmail.com

WhatsApp%20Image%202020-07-06%20at%2013.

ISADORA CARLETTI

Possuo graduação em Ecologia (2016) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e fui bolsista do programa Ciências sem Fronteiras (CAPES/CNPq). Tenho experiência na área de Ecologia e Zoologia, com ênfase em comportamento e conservação de mamíferos aquáticos, atuando principalmente na coleta e análise de dados bioacústicos, comportamentais e para foto-identificação. Atualmente, sou estudante de mestrado em Ecologia na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), trabalhando em colaboração com a Syracuse University e Instituto Australis no desenvolvimento de pesquisas sobre acústica e comportamento social de baleias francas.

isa.carletti at gmail.com

16_edited.jpg

JOÃO PEREIRA

Sou biólogo formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (2019). Atualmente desenvolvo meu mestrado em Ecologia pela mesma universidade. Minha principal linha de pesquisa é a ecologia comportamental, a qual avalio e venho tentando entender a dinâmica da pesca em Laguna, onde pescadores artesanais pescam com o auxílio de botos-da-tainha. Além disso, busco avaliar as variações comportamentais dos pescadores e como estas afetam o sucesso de captura, em relação a fatores fisiológicos, de espaço e físicos. Evolução, comportamento social e teoria sistêmica são os pilares da minha curiosidade, além das pessoas que continuam a me fornecer um querosene que mantém a chama da busca pelo conhecimento acessa. A natureza é esplêndida. “I took a walk in the woods and came out taller than the trees” (Henry Thoreau).          

joao.vallepereira at gmail.com

GRADUANDOS

beatrizcanazava at gmail.com

86c0a340-0188-4e55-bd63-5732ff50647d_edi

BEATRIZ SPRESSON CANAZAVA

​​​Sou graduanda de Ciências Biológicas na UFSC e atualmente sou estagiária do Projeto de Monitoramento de Cetáceos da Bacia de Santos (PMC-BS), onde faço parte da equipe que processa e organiza os dados de foto identificação. Em 2019, estagiei no Projeto Baleia Jubarte atuando no Ponto Fixo de Observação localizado no Arquipélago dos Abrolhos onde, além do trabalho com as baleias jubarte, fiz parte da equipe do ICMBio, auxiliando em todas as atividades do PARNAM Abrolhos. Dentre muitos caminhos que almejo traçar na ciência, procuro construir de maneira horizontal e coletiva, entendendo que a ciência é política e temos urgência em torná-la acessível para todes.

IMG-20220426-WA0006.jpg

BRUNA BALEEIRO DOS SANTOS

Sou graduanda de licenciatura em Ciências Biológicas na UFSC e estagiária voluntária no Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LAMAQ) desde fevereiro de 2021. Realizo as atividades de dissecação e preparação de carcaças de mamíferos marinhos, limpeza e numeração dos ossos, acondicionamento dos dentes e tombamento em coleção científica. Atuo também em atividades de educação ambiental e da equipe de divulgação científica nas mídias sociais, dentre outras atividades do laboratório.

brunabaleeiros at gmail.com

WhatsApp%20Image%202020-06-25%20at%2017.

LUIZA KLEIN

Sou graduanda em Ciências Biológicas na UFSC e membro do LAMAq desde julho de 2019. Estou estagiando no PMC na parte de foto-identificação, com foco nas lesões epidérmicas. Tenho interesse em realizar uma pesquisa sobre lesões de Tubarão-Charuto em cetáceos, tendo em vista que abrangem um dos tipos de lesão mais comuns encontrados durante a foto-identificação.

luiza_kf at hotmail.com

IMG-20220426-WA0004.jpg

THEO CRISTINI GROTHE MEES

Graduando de Ciências Biológicas na UFSC e estagiário voluntário no Laboratório de Mamíferos Aquáticos, LAMAQ, desde abril de 2021. Minha principal área de interesse são mamíferos terrestres de médio e grande porte, com foco em felinos. Dentro do laboratório realizo as atividades de dissecação e preparação de carcaças de mamíferos marinhos, limpeza e numeração dos ossos, acondicionamento dos dentes e tombamento em coleção científica. Também participo nas atividades do laboratório voltadas aos mamíferos terrestres, trabalhando na manutenção das armadilhas fotográficas, planilhamento de espécies, preparação de peles e análise de dados.

isabelligrothe at gmail.com

PESQUISADORES COLABORADORES

17_-_Andr%C3%83%C2%A9_Nogueira_edited.jp

ANDRÉ FERNANDES NOGUEIRA

Sou biólogo formado pela UFSC e iniciei minha pesquisa com cetáceos através do LAMAQ em 2017. Durante a graduação fui estagiário no Projeto de monitoramento de Praias (PMP-BS) e no Instituto Australis, onde avaliei a ontogenia comportamental dos filhotes de baleia-franca durante a temporada reprodutiva na região da APA da Baleia Franca.  Em 2019, finalizei a graduação como estagiário na SocioAmbiental Consultores Associados, atuando no Projeto de Monitoramento de Cetáceos da Bacia de Santos – PETROBRAS. Hoje atuo como MMO para o PMC e como pesquisador associado do Instituto Australis participando do desencalhes de grandes cetáceos. Durante o estágio na SocioAmbiental desenvolvi também dardos de carbono para biópsia em cetáceos e abri a Mysticeta Research, empresa que desenvolve equipamentos para pesquisa, atividades de educação ambiental e produção áudio visual para divulgação.   

dedefnogueira at gmail.com

carolinabezamat at gmail.com

WhatsApp%20Image%202020-06-29%20at%2011.

CAROLINA BEZAMAT

Possuo graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Ecologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. No mestrado, estimei a densidade de baleias-jubarte Megaptera novaeangliae em uma área de reprodução e o risco de colisão com navios-barcaça. No doutorado, estudei a dinâmica e viabilidade da população de botos-da-tainha Tursiops truncatus gephyreus em Laguna, Santa Catarina. Atualmente, faço parte do “Projeto gephyreus: avaliação de risco de extinção do boto no Brasil” (FBPN), sou pesquisadora associada do LAMAQ/UFSC e do Instituto Baleia Jubarte, coordenadora de pesquisa do ProFRANCA/Instituto Australis (Programa Petrobras Socioambiental) e coordenadora das campanhas de Avistagem Aérea do Projeto de Monitoramento de Cetáceos na Bacia de Santos (PMC-BS), junto à Socioambiental Consultores Associados.

clarissa.rteixeira at gmail.com

15_edited_edited.jpg

CLARISSA RIBEIRO TEIXEIRA

Sou licenciada e bacharel em Ciências Biológicas pela UFPR, e mestre em Zoologia pela mesma universidade. Durante a graduação e mestrado, avaliei as estratégias de comportamento de cuidado parental do boto-cinza em diferentes classes etárias no Complexo Estuarino Lagunar de Cananéia e Guaraqueçaba. Em 2016, tive a oportunidade de iniciar meu doutorado em Ecologia pela UFSC através do LAMAQ, fugindo (um pouco) da ecologia comportamental, para avaliar a ecologia trófica do boto-cinza em diferentes escalas ecológicas através da análise de isótopos estáveis de carbono e nitrogênio. Atualmente estou finalizando o doutorado e atuando também como técnica de ecologia comportamental do Projeto Boto-Cinza (IPeC) em Cananéia-SP.

12%20-%20Eric%20Azevedo_edited.jpg

ERIC ZETTERMANN DIAS DE AZEVEDO​

Graduação e mestrado em matemática pela UFSC. Sou professor assistente no departamento de engenharia de pesca da UDESC/Laguna. Doutorado em Ecologia pela UFSC. Trabalho com modelos matemáticos comportamentais aplicados ao manejo pesqueiro (teoria dos jogos).

ericzt at hotmail.com

omsgabriela at gmail.com

22%20-%20Gabriela%20Oms_edited.jpg

GABRIELA OMS

Sou bióloga formada pela UFSC e estive envolvida no LAMAQ desde os primeiros anos da graduação. Aqui realizei meus primeiros trabalhos de iniciação científica e construí meu TCC, intitulado “Co-ocorrência, uso de habitat e movimentos dos golfinhos Steno bredanensis e Tursiops truncatus no nordeste do Brasil”. Atualmente trabalho com fotoidentificação no Projeto de Monitoramento de Cetáceos na Bacia de Santos (PMC-BS), sendo responsável pelo processamento dos dados e pela gestão da equipe de estagiárias(os), além de eventualmente embarcar como MMO pelo projeto. Acredito numa ciência pincelada por arte, encarada com olhares críticos e feita para o coletivo. No LAMAQ, sempre encontrei tinta, pincel e pessoas dispostas a colorir essa ciência que almejo.

jjcherem at gmail.com

13_edited.jpg

JORGE CHEREM

Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994) e mestrado em Biociências (Zoologia) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1999). Sou pesquisador colaborador do Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LAMAQ) e do Laboratório de Paleontologia (LabPelo) da Universidade Federal de Santa Catarina, e cooperador da Caipora Cooperativa Para Conservação e Proteção dos Recursos Naturais. Tenho experiência na área de Zoologia, com ênfase em mamíferos terrestres e atuo principalmente nos seguintes temas: levantamento faunístico, monitoramento e resgate de fauna, coleção científica e morfologia craniana.

salatiel.pires at ufsc.br

JOSÉ SALATIEL RODRIGUES PIRES

 

Minha carreira acadêmica, da formação ao pós-doutorado, é voltada ao estudo e desenvolvimento da Ecologia Aplicada, que visa diminuir os impactos ambientais causado pela ação do homem sobre os ecossistemas. Fui pesquisador e professor da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e atualmente sou professor de Biologia da Conservação e Ecologia da Paisagem da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Faço parte dos Grupos de Pesquisa do Laboratório de Mamíferos Aquáticos (LAMAQ - UFSC) e Observatório de Áreas Protegidas - OBSERVA (UFSC). Atuo como orientador no Programa de Pós Graduação em Ecologia e Recursos Naturais da UFSCar. Tenho como foco de pesquisas a Análise e Planejamento Ambiental voltados a definição de Estratégias para a Conservação da Biodiversidade atuando principalmente nos seguintes temas: Monitoramento de Comunidades Biológicas, Conservação da Biodiversidade em paisagens multifuncionais costeiras e terrestres, Gestão Ecossistêmica, Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE), Plano de Manejo de Unidades de Conservação e Certificação Florestal (FSC).

juliapierry at yahoo.com.br

18%20-%20Julia%20Cavalli%20Pierry_edited

JULIA CAVALLI PIERRY

Sou bióloga formada pela UFSC e pesquisadora de cetáceos formada pelo LAMAQ, onde iniciei minha carreira em 2012. Entre estágio voluntário, iniciação científica, TCC, congressos, e trabalhos de descarne, educação e manutenção da coleção biológica, foi nesse laboratório que nasceu a pesquisadora que antes vivia nos meus sonhos. Desde 2014 estudo a população mais austral de botos-cinza, residentes da Baía Norte da Ilha de Santa Catarina. Atualmente, estou finalizando o mestrado em Ecologia na UFSC, no qual estudo a resposta comportamental dessa população de botos-cinza ao playback de outra espécie de golfinhos que co-ocorrem na região. Sou pesquisadora associada do LAMAQ, bolsista do VIVA – Instituto Verde Azul e técnica de fotoidentificação do Projeto Boto-Cinza do IPeC.

luckabp at gmail.com

6_edited.jpg

LUIZA BECKER PEREIRA

Sou bacharel e licenciade em Ciências Biológicas pela UFSC e em 2019 concluí meu mestrado em Ecologia. Já investiguei um pouco sobre a morfologia dos pinípedes otarídeos, trabalhei com estimativas de idades e aprendi um tanto sobre a ecologia trófica do boto-da-tainha (Tursiops truncatus) ao explorar a composição de seus dentes através de análises de isótopos estáveis. Desde a graduação estudo os mamíferos aquáticos, mas confesso que me interesso pela vida no geral, por todas as suas formas e interações. Amo estar ao ar livre, mas também dentro de museus e coleções científicas. Uma das coisas que mais me traz equilíbrio é observar o mar.

mauriciocantor at yahoo.com

2%20-%20Mauricio_Cantor_edited.jpg

MAURICIO CANTOR

Participo do LAMAQ desde 2009, quando fui estudante de mestrado na UFSC. Atualmente contribuo como professor colaborador no PPG em Ecologia da UFSC e em Sistemas Costeiros e Oceânicos da UFPR, e é pesquisador no Department for the Ecology of Animal Societies, Max-Planck-Institut of Animal Behaviour, Alemanha. Minha pesquisa busca conectar ecologia comportamental com ecologia de interações testando modelos teóricos com dados empíricos. Tenho particular interesse em entender como sistemas sociais animais evoluem a partir de regras simples de interação entre indivíduos e ambiente, e como seleção natural atua no comportamento social resultante. Botos e baleias são meu principal modelo devido à diversidade comportamental, aprendizado e complexidade social—sem contar os desafios de estudo em campo. Saiba mais em minha página pessoal.

drs.paula at gmail.com

4%20-%20Paula%20Souza_edited.jpg

PAULA DANYELLE RIBEIRO DE SOUZA

Bióloga formada no Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas com ênfase em Ciências Ambientais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Realizei estágio com ecologia de pequenos mamíferos da Caatinga e Floresta Atlântica no Laboratório de Mastozoologia (LabMz) pela mesma universidade, além de trabalhos de campo envolvendo contenção, manejo, identificação taxonômica, inventários de mamíferos e  e auxiliou na organização da Coleção de Mamíferos da UFPE. Atualmente, é bolsista CAPES vinculada ao Programa de Pós Graduação em Ecologia e Recursos Naturais da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), onde desenvolve pesquisas com modelagem da distribuição geográfica e conservação de pequenos mamíferos neotropicais. Além disso, é integrante do Instituto Últimos Refúgios, e dos Projetos: Marsupiais, Parques e Fauna, e Fauna Floripa.